Mabon | Equinócio de Outono

Hemisfério Sul: Entre 21 e 22 de Março
Hemisfério Norte: Entre 21 e 22 de Setembro

Chegamos à segunda colheita, período em que recolhemos as melhores sementes e as guardamos para a nova semeadura. Partindo de Mabon, o período escuro da noite se estende gradativamente maior que o período iluminado pelo dia, portanto, além da simbologia, é um período de resguardo também para nós.

No Outono temos a oportunidade de, assim como as árvores, deixarmos nossas folhas antigas caírem para nutrirem o nosso solo interno, até que estejamos prontos e fortes para um recomeço. Na celebração de Mabon, indica-se enfeitar com as sementes o altar, agradecer pelo alimento colhido, rezar pelos antepassados, e pedir proteção e amparo aos mais antigos, para que também saibamos lidar com este período de forma sábia e consciente.

Algumas correspondências:

Cores: Marrom, verde, amarelo, vermelho. Deuses: Do Vinho e da Colheita. Ervas Típicas: Alecrim, sálvia, calêndula, folhas e cascas, girassol, camomila, folhas de carvalho, maçã ou sementes de maçã, trigo. Pedras: Topázio amarelo, citrino, olho de gato, aventurina.

Bem-vindo Seja! 🍂

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *